Por crise de ansiedade, influenciador perde a memória e esquece da esposa

Devido a crises de ansiedade, Gabriel Vaz, do canal Tuy e Biel, esqueceu da última década

Como seria sua vida se você esquecesse dos últimos 10 anos que viveu? A pessoa que você era é muito diferente de quem é hoje? E os seus relacionamentos? Mudaram muito na última década?

Foi o que aconteceu com Biel Vaz, de 30 anos. Ele teve uma forte crise de ansiedade há uma semana, seguida de convulsão, desmaio e amnésia dissociativa, voltando a ter 18 anos e se esquecendo inclusive, da companheira, Tuy Potasso.

Desde 2014, a dupla toca o canal Tuy e Biel no YouTube. Com mais de 1 milhão de inscritos, o casal trata sobre liberdade nos relacionamentos e dá dicas para casais.

Em entrevista exclusiva para a Máxima Digital, Tuy contou sobre como está sendo passar por esse processo e para falar sobre os perigos da ansiedade, conversamos com a psicóloga Alessandra Augusto, especialista em Terapia Cognitiva Comportamental. 

“O Biel já não estava tão bem nos últimos dias, e no dia que perdeu a memória estava em crise de ansiedade fortíssima. Ele teve uma convulsão e desmaiou, e quando acordou já não sabia mais quem eu era”, explicou Tuy.

Segundo a psicóloga Alessandra, é necessário ter atenção em relação aos sintomas da ansiedade: “A ansiedade é uma preocupação excessiva com o futuro, fazendo com que o indivíduo perca o foco nos eventos atuais. Ela pode levar à insônia, impedindo que a pessoa tenha um sono restaurador e provocando apagões, devido à exaustão.”

Mas você já tinha ouvido falar que crises de ansiedade podiam levar à perda de memória? Segundo os médicos, Biel apresenta um quadro de amnésia dissociativa. “O termo amnésia se refere a falta de lembranças recentes ou do passado. Não constatando nenhuma causa orgânica, doença degenerativa ou trauma físico, chamamos de amnésia dissociativa, caracterizada pela perda súbita das informações que fazem parte do conteúdo rotineiro do indivíduo e da memória biográfica. A pessoa perde a sua identidade e o que está em torno dela. Ela tende a acontecer depois de uma situação de estresse, trauma, ou acidente. Como se fosse uma defesa do cérebro”, disse a profissional.

Sobre o tratamento, a influenciadora contou: “Nós fomos inicialmente no pronto atendimento de Ribeirão Pires e foi péssimo, com profissionais que duvidaram do que ele estava sentindo e riram da cara dele. Depois fomos ao neurologista e constatou-se que é psicossomático, então fomos direcionados ao psiquiatra e psicólogo. O psiquiatra foi muito gentil e houve o pré diagnóstico de amnésia dissociativa. Inicialmente, ele preferiu não passar nenhum remédio, apenas um calmante no dia do atendimento, porque disse que é melhor a gente sentir como as memórias se formam naturalmente no começo. Agora ele também terá terapia toda semana. Mas o maior tratamento que está dando resultado nesse momento é amor, de mim e de amigos próximos. Ele está sendo muito acolhido por todos, que estão mandando fotos, vídeos, lembranças… Como na época que ele voltou ele era um cara fechado e sem muitos amigos, está ajudando muito saber que tanta gente o ama.”

E quanto ao retorno das memórias? “Essas memórias costumam voltar gradativamente, com o auxílio da psicoterapia. Esse indivíduo precisa estar em um ambiente adequado, confortável, evitando os gatilhos estressores e sem que ele se sinta pressionado a lembrar. É recomendado que ele esteja em contato com pessoas que vivenciaram os momentos esquecidos e visite os lugares que fazem parte de sua história”, afirmou a especialista.

Para Tuy, esse momento está trazendo lições preciosas para o casal. “É maravilhoso ver as descobertas dele e de como ele se tornou exatamente o homem que desejava ser. Ele olha para as tattoos encantado, maravilhado com a vida que construiu e sempre diz que nunca imaginou que sobreviveria até os 30 anos. Às vezes a gente está tão atribulado olhando para o futuro, que esquece de ver que já conquistou muita coisa do que desejou há um tempo – e essa é a maior lição que eu tiro dessa história. Além de claro, entender melhor o que é o amor verdadeiro.”

Em seu canal de YouTube e redes sociais, a dupla está mostrando detalhes desse processo e para dar espaço para mais pessoas compartilharem suas experiências, eles criaram a hashtag #minhacrisedeansiedade. “Apesar de estar com o Biel há muito tempo, eu mesma não entendia muito bem o que significava a ansiedade e o que ela poderia causar. Quando isso aconteceu, percebi o quão sério é e o quanto isso quase não é falado, principalmente casos que ocorrem dissociação. A minha luta com esse movimento é que as pessoas que não têm ansiedade entendam o quão sério é ter que conviver com esse transtorno, o quanto é paralisante a sensação e como é importante receber apoio”, finalizou a youtuber.

 

compartilhe em sua rede social

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on telegram
Telegram
Share on skype
Skype
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.