Falta de libido em homens: por que acontece e como tratar

Estresse e a baixa autoestima são alguns dos fatores que podem diminuir o desejo sexual

 normal que em algum momento da vida não sintamos vontade de transar. Mas se a libido está baixa, ou seja, o pouco desejo sexual é constante, há uma causa médica a ser investigada.

Cesar Nardy, urologista da BP – A Beneficência Portuguesa de São Paulo, explica que é importante diferenciar um quadro de disfunção erétil de um quadro de falta de libido, que pode ou não ocorrer simultaneamente.

“Um homem pode ter ereções facilmente e não ter vontade de ter relações e, nesse caso, sofre de uma baixa libido. Por outro lado, ele pode ter muita vontade de ter relações, mas não conseguir ter ereções. Nesse caso, sofre de disfunção erétil. Esses quadros são frequentemente confundidos como sendo a mesma coisa, mas suas causas e tratamentos são diferentes”, disse Nardy, em entrevista à GQ Brasil.

Segundo o urologista, as causas para a diminuição da libido podem ser emocionais ou biológicas. Nas causas emocionais, o estresse e a baixa autoestima são alguns dos fatores que podem prejudicar a libido do homem.

“Preocupação com os estudos, com o emprego ou com alguma doença pode alterar a libido. Problemas de relacionamento também podem afetá-la. Costumo dizer que o maior órgão sexual que possuímos é o cérebro. Dessa forma, qualquer alteração em seu funcionamento vai levar a alterações na área sexual”, argumentou Nardy.

Já nas causas biológicas, o envelhecimento, a diminuição dos hormônios sexuais, como a testosterona, o uso de medicamentos, como antidepressivos, e o cansaço podem provocar o problema.

Como lidar com a baixa libido do parceiro?

A psicóloga Alessandra Augusto afirma que homens e mulheres com a libido baixa devem averiguar primeiro se não estão passando por alguma disfunção fisiológica, como a dosagem hormonal alterada. Ao descartar esta possibilidade, é necessário investigar a questão mental e emocional.

“É preciso conversar sobre a falta de libido com a parceira ou parceiro e, assim, evitar situações desconfortáveis. Além disso, ao levar a questão para o outro, o abalo tende a diminuir e quem está sofrendo com o problema pode ganhar um aliado para descobrir e tratar a questão”, pontuou ela.

O que fazer se não tenho vontade de fazer sexo?

O especialista que realiza o diagnóstico das causas da diminuição da libido e prescreve o tratamento adequado é o urologista.

“O tratamento pode envolver a troca das medicações utilizadas, reposição hormonal e mudança do estilo de vida, como alimentação saudável e atividade física. O médico também pode fazer o tratamento em conjunto com um psicólogo ou terapeuta sexual”, disse Nardy.

Ele enfatiza ainda que o importante é ter o diagnóstico correto para que o tratamento seja adequado e não cause mais problemas.

“Algumas pessoas chegam ao consultório pedindo uma prescrição de testosterona, pois estão “fracos”, mas o uso inadequado dessa medicação pode levar a alterações cardiovasculares, como o infarto, alterações hepáticas e também o aparecimento de câncer.”

FONTE:

gq.globo.com /

compartilhe em sua rede social

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on telegram
Telegram
Share on skype
Skype
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.