Perguntamos a psicólogas: o que as mulheres mais falam sobre relacionamentos?

Falta de diálogo e infidelidade são as queixas mais comuns entre as mulheres

Você pode até pensar “isso só acontece comigo” quando enfrenta alguma dificuldade no relacionamento , mas a verdade é que muito provavelmente outras mulheres também estão passando pelo mesmo. Conversamos com três psicólogas sobre as principais questões levantadas pelas pacientes quando o assunto é relacionamento. Segundo elas, a falta de diálogo e a infidelidade lideram a lista.

Infidelidade

 

As três especialistas relatam a infidelidade no relacionamento como principal queixa das mulheres. Nesse sentido, a psicóloga Alessandra Augusto ainda apresenta outro problema comum: a falta de libido usada como justificativa.

Com a rotina pesada e o acúmulo de tarefas no dia a dia, Alessandra diz que é comum o desejo sexual diminuir, porém, ela vê no consultório isso sendo colocado como uma culpa da mulher e usado como uma justificativa para a traição do homem. “Isso não é uma verdade. Entendemos a traição como algo comportamental, ligado ao caráter e não à falta de sexo no relacionamento”, pontua.

Falta de diálogo

A falta de diálogo também é tema recorrente nas sessões de terapia, principalmente por conta da maneira diferente com que mulheres e homens escolhem lidar com os sentimentos. “É uma das principais fontes de problemas no relacionamento. As mulheres acham que o homem deve adivinhar o que querem e os homens não falam porque acham que é óbvio”, comenta a psicóloga Daniela Generoso.

Alessandra explica que, geralmente, a situação começa com um mal-estar que se arrasta e se transforma em algo maior, pois as mágoas vão se acumulando. “A falta do diálogo leva a achismos, sentimentos equivocados, impressões e percepções erradas. Com isso, começamos a ter problemas nos relacionamentos”, diz.

Dependência emocional

Outra questão comum é a dependência emocional . Cria-se muita expectativa em relação ao outro, colocando a outra pessoa como responsável pela sensação de bem-estar e felicidade, o que fatalmente sacrificará a relação. “Acreditamos que a nossa felicidade está no outro e que ele é capaz de me dar aquilo que sinto falta”, fala Daniela.

Falta de tempo

A rotina de trabalho consome e o tempo para se dedicar ao relacionamento vai ficando cada vez mais escasso, aumentando a carga de stress entre o casal. “Essa relação acaba entrando na mesmice e os dois deixam de ter uma vida social porque estão exaustos”, pontua Alessandra.

Outros pontos

A psicóloga Sandra Morais acrescenta que a falta de ajuda nas tarefas domésticas também é relato frequente no consultório, conhecido como carga mental. Isso significa que a mulher é sobrecarregada dentro de casa, inclusive quando tem que administrar e pedir ajuda ao homem, sem que ele entenda que aquela é também uma responsabilidade dele.

Além disso, segundo as especialistas, as pacientes se queixam sobre a falta de atenção e os problemas do trabalho que são trazidos para dentro de casa.

FONTE:

delas.ig.com.br /

compartilhe em sua rede social

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on telegram
Telegram
Share on skype
Skype
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.